Tv Interativa
Folha Interativa
Obras

João Neiva - Governador inaugura obra de rodovia entre Demétrio Ribeiro a Barra do Triunfo

Obras pertence ao Programa Caminhos do Campo

04/05/2019 23h19Atualizado há 6 meses
Por: Redação Interativa
Fonte: Governo do ES
400
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O governador do Estado, Renato Casagrande, inaugurou, na manhã deste sábado (4), o trecho da rodovia rural do Programa Caminhos do Campo entre Barra do Triunfo e Demétrio Ribeiro, em João Neiva. Foi a segunda obra entregue do programa desde o início do ano.  Na mesma solenidade, Casagrande deu ordem de início ao projeto que visa minimizar os impactos causados pela chuva no município e em Ibiraçu.
Investimento
O trecho inaugurado tem 8,6 quilômetros de extensão com investimento total de R$ 8,9 milhões. As obras foram iniciadas em 2014, mas acabaram sendo entregues apenas neste segundo mandato de Casagrande.

Atraso na entrega da obra

Segundo o governador, a rodovia poderia ter sido inaugurada em 2016, mas graças ao trabalho feito nesses primeiros meses de trabalho foi possível entregar a obra ainda este ano.
Agroturismo
“Dizem que Deus escreve certo por linhas certas. Não por linhas tortas. Uma obra que teve ordem de serviço em 2014, mas o governo passado não se mobilizou para terminá-la. Agora estou tendo a alegria e oportunidade em inaugurar essa obra que integra essa região linda de Barra do Triunfo e Demétrio Ribeiro. Uma região de agroturismo e que essa estrada ajudará muito a agregar valor, embelezando e ajudando na produção agrícola, garantindo um retorno importante para o Estado", comemorou o governador.

Falta de manutenção

Durante a sua fala, Casagrande citou ainda a falta de manutenção das estradas do Programa Caminhos do Campo nos últimos anos. Ele anunciou a licitação para reparos de vias e disse que vai solicitar formalmente ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) a mudança da balança da BR-259 para evitar que a estrada inaugurada pelo Caminhos do Campo seja utilizada como desvio.
Fiscalização
“As rodovias do Caminhos do Campo tem uma vida útil menor e é preciso ter cuidado, não pode passar caminhões pesados e a própria população precisa fiscalizar e denunciar. Nesse caso, vamos solicitar ao Dnit a mudança da balança para evitar que caminhões pesados desviem e passem por esse trecho”, arrematou.
Programa de Sucesso
Para o secretário de Estado de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, essa obra representa um marco dessa nova gestão. “É o segundo Caminhos do Campo que estamos terminando neste Governo. É um programa de sucesso. Como qualquer tipo de estrada, é preciso fazer a manutenção, que ficou abandonada, mas é muito satisfatório ver mais um trecho terminado. Outras estradas estão em fase de obras e tenho certeza de que vamos consolidar muitas outras pelo Estado durante nossa gestão”, afirmou.

Projeto

Na mesma solenidade, o governador deu ordem de início ao projeto para reduzir os impactos causados pela chuva a região. A iniciativa será conduzida pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES) e vai avaliar formas de minimizar os impactos dos alagamentos em Ibiraçu, provocados pelo transbordamento das águas dos rios Taquaraçu e Perobas (afluente), e em João Neiva, ocasionados pelas cheias dos rios Piraquê-Açu e Demétrio Ribeiro (afluente). Nos dois municípios, os alagamentos provocam grandes prejuízos ambientais, sociais e às atividades econômicas.

O diretor-geral do DER-ES, Luiz César Maretto Coura, destacou que, além das obras rodoviárias, o órgão também ajuda nas soluções de engenharia que possam contribuir para a melhoria das comunidades. “Uma boa obra necessita de um ótimo projeto. É por isso que estamos envolvidos nessas soluções que possam minimizar esses impactos causados por enchentes e acabam trazendo prejuízos aos municípios. O projeto apontará quais os caminhos que teremos para solucionar esses problemas”, garantiu. O investimento previsto é de R$ 751.195.64 e o prazo para conclusão é de 12 meses.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.