Folha Interativa
Tv Interativa
Voando

Confirmado: Azul vai operar trecho Belo Horizonte x Linhares ainda este ano

Rota facilitará viagens aéreas de moradores de municípios do norte do ES

10/02/2019 14h01Atualizado há 6 meses
Por: Redação Interativa
Fonte: Portal Extra
178
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Assim que o aeroporto municipal de Linhares iniciar suas atividades, previstas para o segundo semestre deste ano, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras começará suas operações com um voo por dia, fazendo a linha Belo Horizonte (Confins) x Linhares. A Azul firmou com o Governo do Espírito Santo o Contrato de Competitividade da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, para a criação de voos domésticos interestaduais e estaduais.

O superintendente do aeroporto, Wilmar Barros Barbosa, disse que atualmente 93 funcionários trabalham na primeira etapa que contempla obras na nova pista de vôo e decolagem, que passará de 1.350 metros x 30 metros para 1.860 metros x 45 metros, além da ampliação do pátio de aeronaves e da área de manobra. O aeroporto terá capacidade de receber aeronaves comerciais de linha aérea com mais de 130 passageiros.

 

“As obras seguem em ritmo acelerado e esperamos até o fim do ano uma movimentação de aproximadamente 2 mil passageiros. Para 2020, nossa previsão é passarmos dos 20 mil passageiros, conforme apontou os dados referentes ao planejamento que elaboramos, baseado no volume de operações e número de passageiros da região em um raio de 75 quilômetros”, explicou o superintendente, lembrando que as operações aéreas estão interrompidas desde novembro e só retornam na pista nova.

 

A obra da primeira etapa é resultado de um convênio chamado Programa Federal de Auxílios aos Aeroportos (Profaa), do Governo Federal, por meio da Secretaria de Aviação Civil (Sac), e do Governo do Estado, com fiscalização do Departamento de Estradas e Rodagens do Espírito Santo (DER).

 

A segunda etapa, que já está em fase de licenciamento, será a construção do terminal de passageiros, estacionamento de veículos, via de acesso ao aeroporto e seção de combate a incêndio. A terceira e última fase consiste na instalação de equipamentos como raio X e balizamento noturno da pista, instrumentação de pista e sinalização de pista, definição de procedimentos para operação por instrumentos. Está prevista também a implantação de sinalização horizontal e luminosa, o que permitirá que o aeroporto continue a operar à noite. Nas duas etapas, as intervenções são realizadas pelo Programa de Investimento em Logística: Aeroportos Regionais (PIL).

 

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon, frisou que esses avanços no aeroporto de Linhares são fatores de desenvolvimento econômico relevantes, para não dizer indispensáveis. “Além de facilitar a vida dos passageiros, que agora terão a opção de um meio de transporte bem mais rápido, o aeroporto já vem gerando novos empregos, desde o início das obras, sem contar que fortalecerá não somente a economia de Linhares, mas de toda a região norte e noroeste do Estado, sul da Bahia e noroeste de Minas Gerais. As oportunidades serão ampliadas, novas empresas serão instaladas, mais empregos serão gerados e a logística do município fortalecida”, finalizou o prefeito.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.