Terça, 26 de Maio de 2020 03:29
-
Política Exonerado

“Moro confessou crimes e delatou Bolsonaro”, diz Gleisi Hoffmann

Presidenta nacional do PT elenca os indícios de crimes confessados pelo ex-ministro da Justiça ao anunciar a saída do governo Bolsonaro. “Corrupção, pagamento secreto a ministro, obstrução de Justiça e prevaricação. Moro tinha de sair da entrevista direto

24/04/2020 13h59
253
Por: Redação Interativa
Presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR) - Foto Reprodução
Presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR) - Foto Reprodução

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), criticou duramente o ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, que pediu demissão do cargo na manhã desta sexta-feira (24) atacando o presidente Jair Bolsonaro. “A entrevista de Moro é uma confissão de crimes e uma delação contra Bolsonaro: corrupção, pagamento secreto de ministro, obstrução de justiça e prevaricação. Ele tinha de sair da entrevista direto para depor na Polícia Federal”, denunciou.

 

Ao anunciar sua saída do governo, Moro confessou que Bolsonaro queria mexer na PF para ter acesso a relatórios de inteligência – documentos confidenciais – produzidos pelo órgão. O ex-ministro disse que Bolsonaro insistiu na troca do comando da Polícia Federal, sem apresentar quaisquer justificativas. O senador Humberto Costa (PT-PE) disse que Moro fez uma delação premiada. “Ele é a principal testemunha dos crimes de responsabilidade cometidos pelo chefe do Executivo. Não há outro caminho que não o do impeachment”, alerta.

 

Outros petistas, como o ex-prefeito Fernando Haddad, também enxergam vários crimes de responsabilidade descritos por Moro. “Os ministros, especialmente os militares que ainda respeitam esse país, deveriam renunciar a seus cargos e forçar a renúncia. O impeachment é processo longo. A crise sanitária e econômica vai se agravar se nada for feito”, pondera Haddad. O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), defende a abertura de investigação.

 

“Moro sai ainda menor do que entrou”, comentou Gleisi. “O falso herói contra a corrupção protegeu os corruptos da família Bolsonaro e jamais defendeu a democracia ameaçada pelo chefe. Sai humilhado depois de fazer o serviço sujo. Mas uma pergunta o perseguirá: Cadê o Queiroz, Sergio Moro?”, cobrou.

 

A presidenta do PT também apontou que a demissão do ex-diretor-geral Maurício Valeixo pelo presidente da República não esconde os deslizes e crimes cometidos pelo delegado federal. “Ao contrário do que disse Moro, Maurício Valeixo cometeu crime ao desobedecer ordem do TRF-4 para soltar Lula em julho de 2018. E agiu a mando de Moro. Não é prova de autonomia, mas de politização da PF”, lembrou a deputada.

 

Com  a prisão do ex-presidente Lula, líder das pesquisas  para a corrida eleitoral de 2018,  Sérgio Moro abriu caminho para a vitória de Jair Bolsonaro. Morou logo seria premiado pelo presente. O então juiz acertou sua ida para o Ministério da Justiça ainda durante a campanha. O convite para Moro ocupar a pasta da Justiça foi feito  meses antes do fim da eleição, segundo o próprio vice-presidente, Hamilton Mourão.

 

Ela também estranhou o fato de Moro ter anunciado na coletiva em que confirmou sua demissão que havia feito um pedido ao presidente da República, quando aceitou o convite para integrar o Ministério da Justiça, ainda em 2018. Ele queria uma pensão para a família. Gleisi reagiu: “Moro e Bolsonaro têm obrigação de explicar a tal proteção financeira à família que ele exigiu para ser ministro. Isso é a nova política? Pagar ministro por fora? Isso é crime, gravíssimo. Mais na conta da quadrilha”.

    Nenhum comentário
    500 caracteres restantes.
    Comentar
    Mostrar mais comentários
    * O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
    Anúncio
    Vitória - ES
    Atualizado às 03h29 - Fonte: Climatempo
    21°
    Alguma nebulosidade

    Mín. 19° Máx. 27°

    21° Sensação
    6 km/h Vento
    88% Umidade do ar
    0% (0mm) Chance de chuva
    Amanhã (27/05)
    Madrugada
    Manhã
    Tarde
    Noite

    Mín. 16° Máx. 26°

    Sol com algumas nuvens
    Quinta (28/05)
    Madrugada
    Manhã
    Tarde
    Noite

    Mín. 15° Máx. 27°

    Sol com algumas nuvens
    Ele1 - Criar site de notícias