Folha Interativa
Tv Interativa
Afastamento

Ministério Público pede cassação de vereadores de São Gabriel da Palha

MPES pediu a cassação do mandato dos vereadores

04/10/2019 00h42
Por: Redação Interativa
Fonte: Tribuna On-line
60
Câmara Municipal de São Gabriel da Palha - Foto Reprodução
Câmara Municipal de São Gabriel da Palha - Foto Reprodução

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) denunciou os vereadores de São Gabriel da Palha, noroeste do Estado, Tiago dos Santos e Wagner dos Santos, o Waguinho da Saúde, além de um servidor do município “por solicitarem vantagem indevida em razão de funções públicas”.

 

O MPES pediu a cassação do mandato dos parlamentares, bem como indenização no valor de R$ 450 mil, pagos pelos três denunciados, a título de reparação de danos morais coletivos.

As primeiras denúncias de corrupção por parte dos envolvidos ocorreu em fevereiro deste ano, quando os vereadores foram acusados de pedir propina a um produtor de eventos sob a promessa de garantia de que um rodeio fosse realizado por este produtor. Na ocasião, os vereadores teriam pedido R$ 80 mil ao produtor. Parte do valor, cerca de R$ 10 mil, foi pago.

De acordo com os autos, “oobjetivo era que os denunciados intercedessempara que, em 2018, a festa da cidade fosse realizada pelo produtor, que chegou a pagar parte da quantia. Naquele ano, entretanto, o município não realizou a festa da cidade. Ao descobrir que as festas não seriam realizadas em 2018 e nem em 2019, o produtor de eventos passou a cobrar a quantia paga aos denunciados”.

Insatisfeito com os vereadores, o produtor de eventos recorreu às redes sociais para relatar o esquema. “A investigação feita pelo MPES constatou a prática de crimes. Após as oitivas, os denunciados ainda ofereceram dinheiro e até nomeação em cargos comissionados para pessoas ligadas às testemunhas”, informou trecho da ação.

A resportagem fez contato com o advogado de defesa do vereador Tiago dos Santos, mas não obteve retorno. A defesa do vereador Wagner dos Santos não foi localizada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.