Quarta, 16 de janeiro de 2019
Redação: 27 99700 - 5717 / Comercial: 27 99700 - 5717
Brasil

15/12/2018 ás 22h16 - atualizada em 15/12/2018 ás 23h26

214

Redação Interativa

Vitória / ES

ES - Manato o "embaixador" capixaba em Brasília
Deputado Manato representante do ES no governo Bolsonaro
ES - Manato o
Foto Reprodução

Em 01 de janeiro, com a posse do presidente eleito Jair Messias Bolsonaro (PSL) e do seu vice-presidente, General Antônio Hamilton Martins Mourão (PRTB), as questões políticas e o encaminhamento de verbas para o estado do Espírito Santo, passarão por ninguém menos do que o deputado federal, Carlos Humberto Manato.


Manato representa o Novo no Poder


Carlos Manato, como é conhecido o deputado, está deixando velhos figurões da política capixaba de cabelo em pé.


Recentemente ele demonstrou isso, vencendo após articulação de última hora a presidência do Conselho de Administração do SEBRAE- ES.


Brasília-DF


Já nacionalmente o deputado federal Carlos Manato (PSL), futuro subsecretário da Casa Civil da Presidência da República, suplantou a expectativa de Magno Malta que desejava fazer parte do governo de Bolsonaro.


Preterido


Enquanto o deputado federal Carlos Manato (PSL), foi agraciado com a subsecretária da Casa Civil da Presidência da República, no governo Bolsonaro, o outro aliado de primeira hora o Senador Magno Malta (PR), foi preterido.


Comparação


O vice-presidente,  General Antônio Hamilton Martins Mourão (PRTB), comparou o senador não reeleito Magno Malta (PR) a um “elefante” ou um “camelo” que precisará ser acomodado no governo de Jair Bolsonaro (PSL). 


“Ele é um elefante que está colocado no meio da sala e tem que arrumar, né? É um camelo, e tem que arrumar um deserto para esse camelo”, respondeu Mourão a Folha de S.Paulo sobre a possibilidade de Malta integrar o governo de Bolsonaro em algum momento. 


Aliado sem pasta


Aliado de Bolsonaro, Malta não pode comandar um ministério com o selo familiar que abarcaria as pastas de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.


Esse ministério foi passado para assessora do senador a advogada e pastora Damares Alves, confirmada para o futuro Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos,

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium