Quinta, 15 de novembro de 2018
Redação: 27 99700 - 5717 / Comercial: 27 99640 -3523

25º

Min 23º Max 29º

Parcialmente nublado

Vitoria - ES

às 20:54
Brasil

02/11/2018 ás 13h51 - atualizada em 02/11/2018 ás 13h59

52

Redação Interativa

Vitória / ES

Moro põe em risco legitimidade da Lava Jato, diz professor de Oxford
Oposição poderá argumentar nomeação
Moro põe em risco legitimidade da Lava Jato, diz professor de Oxford
Para Timothy J. Power, diretor do departamento de Oxford que estuda política América Latina, a ida de Moro para o Ministério da Justiça reforça o discurso de que a Lava Jato age politicamente. - Direito de imagem ANTONIO LACERDA/EPA Image caption

Ao aceitar ser ministro da Justiça no futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL), o juiz Sérgio Moro põe em risco a legitimidade da Operação Lava Jato e prejudica os procuradores que atuam no caso. Essa é a avaliação do professor Timothy J. Power, diretor da School of Global Area Studies, da Universidade de Oxford - departamento que se dedica a estudar diferentes regiões do mundo - entre elas, a América Latina.


 


"Não fiquei surpreso com o convite, mas com a aceitação pelo juiz Moro. Acredito que, depois de quatro anos de manchetes e avanços na investigação Lava Jato, ao aceitar esse cargo no Ministério da Justiça, o juiz coloca em risco alguns pontos de legitimidade dessas investigações", afirmou Power à BBC News Brasil.


 


Um dia após ser eleito, Bolsonaro afirmou publicamente que gostaria de ter Moro no Ministério da Justiça ou indicá-lo para o Supremo Tribunal Federal (STF). Uma vaga no STF, porém, só deve abrir em 2020, com a aposentadoria compulsória do ministro Celso de Mello, que completará 75 anos.


Nesta quinta, Moro se reuniu com Bolsonaro e aceitou o convite para assumir o "superministério" da Justiça, que deve englobar também as funções da Controladoria-Geral da União e o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF).


 


Para Power, a decisão do juiz da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba pode servir de combustível para o argumento do PT de que a Lava Jato serve a interesses políticos e à perseguição do partido.

FONTE: Com informações da BBC BRASIL

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium