Quarta, 17 de outubro de 2018
Redação: 27 99700 - 5717 / Comercial: 27 99640 -3523

23º

Min 23º Max 25º

Nublado

Vitoria - ES

às 20:17
Polícia

10/06/2018 ás 12h40 - atualizada em 10/06/2018 ás 12h50

82

Redação

Teresina / PI

JUSTIÇA MILITAR RECEBE DENÚNCIAS CONTRA MILITARES ACUSADOS DE ENVOLVIMENTO NA PARALISAÇÃO DA PMES
O Juiz Titular da Vara da Auditoria Militar designou Sumário de Acusação para o dia 04 de julho, no Fórum Criminal de Vitória.
JUSTIÇA MILITAR RECEBE DENÚNCIAS CONTRA MILITARES ACUSADOS DE ENVOLVIMENTO NA PARALISAÇÃO DA PMES
Foto: Reprodução

A Auditoria da Justiça Militar do Poder Judiciário Estadual, especializada no julgamento de crimes militares, começou a receber denúncias contra policiais militares acusados de participação no movimento paredista ocorrido em fevereiro de 2017.


Segundo informações do juiz titular da Vara, Getúlio Marcos Pereira Neves, “a promotoria de justiça junto à Auditoria de Justiça Militar ofereceu denúncia que imputa a 14 militares de um Batalhão da PM da Grande Vitória a condição de cabeças do movimento no âmbito daquele Batalhão, enquadrando-os nos delitos de motim (art. 149, inciso I, do Código Penal Militar) e incitamento à prática de indisciplina ou crime militar (art. 155 do Código Penal Militar)”, informa.


Ainda segundo o magistrado, a denúncia lista no total 256 militares. “No entanto, a pedido do próprio Ministério Público, foi desmembrada com relação aos demais, acusados somente do delito de motim (art. 149, inciso I do Código Penal Militar), na forma continuada, pelos dias em que se verificou o movimento, de tal maneira que permaneçam 20 acusados em cada ação penal”, destacou o magistrado, complementando que, quanto a estes, após os procedimentos cartorários, os autos irão ao Juiz Auditor para análise da denúncia, que decidirá pelo recebimento ou rejeição.


Os inquéritos policiais militares (IPM) que apuram as circunstâncias do movimento paredista no âmbito de cada Unidade da PMES (Batalhões, Companhias Independentes), encontram-se em fase de finalização pela Corregedoria da PMES e/ou análise pelo órgão do Ministério Público junto à Auditoria Militar.


O Sumário de Acusação nos autos foi designado para o dia 04 de julho.


Processo nº: 003798976.2017.8.08.0024

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium