Sábado, 17 de novembro de 2018
Redação: 27 99700 - 5717 / Comercial: 27 99640 -3523

25º

Min 23º Max 26º

Nublado

Vitoria - ES

às 17:38
Brasil

20/01/2018 ás 22h46 - atualizada em 20/01/2018 ás 22h54

219

Redação

Teresina / PI

Candidatura de Maia a presidente será lançada em março
Rumo ao Planalto
Candidatura de Maia a presidente será lançada em março
Rodrigo Maia - Presidente da Câmara dos Deputados

BRASÍLIA –  O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM-RJ), disse ao site Poder 360 que Rodrigo Maia oficializará sua candidatura à Presidência da República na convenção do partido.


“Vamos referendar o nome na convenção, no início de março. É o nome em ascensão na política brasileira e foi o grande avalista das reformas que garantiram a recuperação do Brasil.”, disse.


Mendonça – que diz não ter decidido seu próprio futuro em Pernambuco, mas pode concorrer ao Senado –é 1 dos principais articuladores do lançamento do nome do presidente da Câmara ao Planalto. O prazo limite indicado por ele para o anúncio de Maia é 7 de março.


A intenção é que o nome seja lançado antes da abertura do prazo para os políticos mudarem de partido, a chamada janela partidária, justamente em 7 de março.


O DEM espera com isso consolidar o presidente da Câmara como o nome do centro na campanha presidencial e, assim, atrair novos filiados.


Rodrigo Maia já deu declarações públicas de que avalia as chances de sua candidatura. Mas Mendonça Filho é o primeiro a confirmar o anúncio.


A data considera não só o período para filiação de novos membros ao partido, mas o timing das discussões da reforma da Previdência.


Segundo o ministro, a proposta tem uma janela de aprovação, que é fevereiro. Se não for aprovada, o assunto estará encerrado.


Com essa definição, o presidente da Câmara acredita que terá caminho livre para se lançar como candidato.


“Rodrigo interpretou, corretamente, que se fizéssemos uma convenção em fevereiro, como acontecerá de [ser feito o] lançamento do nome dele como pré-candidato a Presidência da República, poderia gerar uma interpretação de que atropelamos a agenda de reformas”, disse.

FONTE: Agência Congresso

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium